Telefones

O que levou a STIHL a optar por um Data Center com segurança certificada?

stihl.jpg

Com sede em São Leopoldo (RS), a STIHL oferece ao mercado brasileiro uma ampla linha de ferramentas motorizadas portáteis que podem ser encontradas em mais de 3.000 pontos de venda distribuídos pelo Brasil.


O Data Center da STIHL na fábrica em São Leopoldo, Rio Grande do Sul, era antigo e obsoleto. Por não ser modular, não permitia que a infraestrutura de TI fosse ampliada. A empresa buscou então no mercado soluções que atendessem à sua demanda de modernizar seu ambiente com possibilidade de expansão futura. A STIHL precisava que a solução adotada fosse aprovada pela matriz da empresa na Alemanha. Dos fornecedores consultados, um oferecia uma solução nascida e consagrada na Alemanha, o que chamou a atenção da matriz. Essa solução é a Sala-Cofre. A empresa que fabrica e comercializa essa solução no Brasil, a Aceco TI, foi escolhida para projetar e construir o novo Data Center da STIHL.

De acordo com Marcelo Miltzman, Gerente de TI da STIHL, a companhia fez uma pesquisa criteriosa para iniciar esse projeto e a Aceco TI estava dentro dos requisitos prioritários para avaliação.

"Fizemos uma busca de Data Centers no mercado e avaliamos custo, qualidade, estabilidade da empresa e capacidade de manutenção futura. Realizamos um trabalho a quatro mãos. A Aceco TI entendeu nossa necessidade e montou as soluções, trazendo as demandas de crescimento, de definição de tamanho de processamento, tipo de arquitetura de rede de acordo com as diretrizes da matriz e etc”, acrescenta Miltzman.

O projeto de construção, que durou 150 dias, aprimorou as operações e ajudou a companhia a entrar nos parâmetros de redundância, garantir maior disponibilidade, proteção física e alinhamento com as estratégias de TI.

O cenário da empresa antes da adoção do Data Center era um ambiente não certificado e de baixa confiabilidade. O centro de dados anterior contava com equipamentos sem redundância do sistema e de baixa disponibilidade, os quais não eram projetados de forma integrada e isso fazia com que eles tivessem um histórico de paradas não programadas.

O novo Data Center da STIHL possui infraestrutura redundante em nível Tier 3, ou seja, situação em o Data Center permite manutenção sem que haja paradas e comprometimento na operação.

New Call-to-action

Principais resultados

Totalmente alinhado com as expectativas e conformidades da matriz alemã, o novo Data Center da STIHL conta também com climatização de precisão, redundância de gerador, e Salas de UPS.

Outro importante  diferencial foi o serviço de Moving realizado pela Aceco TI durante a movimentação do Data Center para outro espaço físico.

“O Moving foi feito a partir de um mapeamento da origem do Data Center antigo e o destino. Nesse processo, conseguimos não somente mostrar eficiência, como procedimentos, metodologia e capacidade técnica de movimentar o Data Center de um lugar para o outro sem que perdesse nenhuma informação”, diz Renato Capeletto, gerente de vendas da Aceco TI.

Miltzman confirma que o Moving foi muito bem planejado. “Às vezes se planeja e não consegue seguir o que foi planejado. E aqui, o planejamento foi seguido minuto a minuto. Tudo saiu conforme a documentação. E o pós-moving foi perfeito”.

Após o término da obra, a STIHL contratou o serviço de manutenção 24x7 da Aceco TI, para preservar o investimento feito no Data Center ao longo do tempo e ter uma equipe sempre alerta para prevenir qualquer possível problema.

 

Proteção física

O  prédio em que o Data Center da STHIL foi construído é um ambiente que abriga escritórios e outras áreas comuns, como banheiros, copas, etc. Portanto, era recomendável que o Data Center tivesse uma proteção adicional para se proteger contra riscos físicos. Após uma análise criteriosa, a Aceco TI sugeriu a adoção da Sala-Cofre Certificada.

A Sala-Cofre obedece padrões de segurança física que garantem não só a proteção de dados e a disponibilidade das informações, como também de possíveis acessos indevidos, roubo ou sabotagem ao espaço, que pode acontecer por colaboradores de outros setores da companhia, por exemplo.

Além disso, é testada contra riscos como explosões, vazamentos de gás ou água, incêndios ou outros problemas provenientes de outras áreas da empresa, desde a cozinha, banheiros, refeitórios etc.

“A proteção física é uma questão muito importante. Não justificaria fazer um investimento em todas essas questões de individualidade do sistema elétrico se não protegesse os ativos de TI”, conclui Miltzman.

Ao todo, o Data Center Modular implantado possui 40m², dentro de uma área total construída de aproximadamente 100m², com uma área de 54m² de gerador e capacidade de cerca de 15 a 20 racks de processamento.

Faça como a STIHL e confie o projeto de construção do Data Center do seu negócio a uma empresa especializada, com soluções certificadas.

Compartilhe agora na sua rede preferida

Sobre Nós

A Aceco TI é especializada em todo o ciclo de vida dos Data Centers, desde projeto, até a implantação, comissionamento, moving e, por fim, manutenção do ambiente.

Com a evolução tecnológica, o Data Center, a cada dia, se torna mais complexo, exigindo soluções integradas e confiáveis de infraestrutura para garantir a continuidade das operações.

O blog pretende ajudar nessa missão, informando às empresas as melhores soluções de infraestrutura de TI do mercado e atualizando sobre as novidades do setor.

eBook_contrucao-de-data-center
New Call-to-action

Posts Recentes